Technology

Rota da cerveja artesanal na palma da mão!

Remembeer traz inovações e já é o maior aplicativo cervejeiro do Brasil

Paixão nacional, a cerveja pilsen já reinou sozinha por muitos anos no mercado brasileiro. Até a ascensão das cervejas artesanais se tornar uma realidade cada vez mais concreta. Apesar da crise político-financeira, a venda das diferentonas não para de crescer. Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Cerveja, as cervejas especiais já ocupam 5% do mercado e têm previsão de dobrar esse número nos próximos cinco anos.

Com um crescimento acelerado, fica difícil acompanhar lançamentos e novas tendências deste universo. A solução para o problema está a um clique e vem de Curitiba. É no Vale do Silício das Cervejarias que foi desenvolvido o Remembeer, aplicativo criado por dois amigos e amantes da cerveja artesanal.  Beba Local

“Notamos que os brasileiros estavam, aos poucos, se acostumando com o sabor diferenciado das cervejas especiais. Mas como grande parte é feita por produtores pequenos, era difícil localizá-las. Decidimos apostar nesse mercado e ajudar a desmistificar a concepção da maioria das pessoas de que os produtos importados são melhores”, explica Jean Moro, CEO do Remembeer.

O aplicativo ajuda o usuário a encontrar cervejarias, estabelecimentos, rótulos e eventos especializados mais próximos, como um GPS cervejeiro. Mais que isso, funciona como uma rede social da cevada, onde é possível compartilhar experiências por meio de fotos e comentários, bem com sistema de cupons de descontos para beerlovers. Lançado há apenas um ano, o Remembeer já cobre 90% das cervejarias do país e tem mais de 980 estabelecimentos cadastrados.

Ideal tanto para os amantes da cerveja especial quanto para leigos no assunto que querem mergulhar de cabeça no ambiente cervejeiro, o Remembeer já está disponível na plataforma Android e em junho chega à Apple Store.

Ficou interessado? Baixe o aplicativo e seja mais um adepto do movimento mundial #drinklocal (#bebalocal).
Beba melhor com Remembeer!

Deixe uma resposta